Espetáculo discute a adoção de crianças no Brasil

http://guia.folha.com.br/teatro/ult10053u954607.shtml

 

Estreia neste sábado (6), no Teatro Brigadeiro (centro de São Paulo), o espetáculo “Meu Filho sem Nome”, texto de Izilda Simões com direção e adaptação de Marcelo Romagnoli.

  Marcos Alberti/Divulgação  
As atrizes Christiane Brasil e Aparecida Petrowky em cena do espetáculo "Meu Filho Sem Nome"
Atrizes Christiane Brasil e Aparecida Petrowky em cena do espetáculo “Meu Filho sem Nome”, de Izilda Simões

Por meio da história de duas mães, o espetáculo discute o tema da adoção de crianças no Brasil.

Cida (Aparecida Petrowky) alimenta o desejo de ter um filho, mas vê o sonho ruir, já que não encontra um companheiro. Já Cris (Christiane Brasil), uma menina de 15 anos, descobre estar grávida e vê o medo e a dúvida pairarem sobre sua cabeça.

São duas mulheres em conflito, que procuram, em si e no mundo, uma identidade para o filho.

Informe-se sobre o evento

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *